Finais Felizes Gatos

Clique nos links abaixo pra conhecer um pouco da história de cada um dos gatos.

 

Cristal

Quando a pegamos parecia que ía quebrar de tão frágil, por isso colocamos o nome de Cristal.
Uma senhora doente estava doando seus animais pois não tinha condições de cuidá-los devidamente, ela tinha vários cães e gatos a espera de adoção.
Quando a peguei no colo vi que estava doente, fomos na mesma hora para o veterinário, estava com pneumonia e desnutrida.
Tratamos da gatinha e ela se recuperou. Na época a pegamos para fazer companhia para o Isac, um gatinho que jogaram na porta da firma.
Cristal viveu bem por um tempo na firma, mas um dia corremos para o veterinário pois haviam jogado algum produto químico e ela estava toda queimada, perdeu todos os pelos, teve atrofia de musculatura.
Era difícil salvá-la, mas lutamos, por ser uma gatinha dócil e amorosa, a levamos para casa e começamos a tratá-la.
Nos primeiros dias tínhamos que alimentá-la dando comida na boca e colocando para fazer sua sujeira, pois não parava em pé.
Com o tempo se recuperou e numa bela noite tivemos uma surpresa, não tínhamos percebido que ela estava prenhe e deu cria na nossa cama.
Nasceram 3 filhotes, a Sarinha que está conosco até hoje, o Isaquinho e a Cat foram doados e estão felizes.
Cristal foi castrada e na cirurgia foi diagnosticado que ela estava com uma infecção uterina, mas não apresentava nenhum sintoma. Hoje tem uma vida tranquila e feliz ao nosso lado.

Cindy

Cindy estava no  meio de uma ninhada de gatos pretos, que foi abandonada dentro de uma caixa, a noite na porta da Cobasi. Os funcionários estavam pedindo ajuda para doá-los pois não eram animais selecionados para a sessão de adoção da loja, então iriam ser colocados na rua de novo. Eram 3 filhotes de uns 2 meses. Fiquei sensibilizada e acabei levando uma das fêmeas para casa, que demos o nome de Cindy. Hoje ela está linda, é uma gata arisca e bagunceira, abre todas as portas dos armários da casa. Está vacinada e castrada, e tem a companhia de outras duas gatinhas Cristal e Sarinha.  

Mitzi

Sua história é igüalzinha a da Cindy, só que foi abandonada na porta de outra casa de ração. Me sensibilizei e recolhi uma das gatinhas. Doei aos meus pais ela ainda pequena,   hoje está super bem. Foi castrada, vermifugada e vacinada. Tem a companhia do gato Zulu e da gatinha Serena, todos se dão muito bem.  

Zulu

Este gatinho foi recolhido pela minha mãe, ainda pequeno, filhotinho de mãe siamesa e  pai persa, não era bem cuidado onde vivia, estava sempre na rua, quando fazia sujeira em lugar errado levava vassourada, extremamente dócil e amoroso. Hoje Zulu está bonito, com um pelo brilhante e muito bem cuidado. Foi castrado e vive dentro de casa.

Ninhada de gatinhos

Essa ninhada foi abandonada dentro de uma caixa na porta da firma. A pessoa ainda tocou a campainha pra avisar e quando fomos atender vimos a caixa.

Estavam cheios de pulga e com rinotraqueíte, cuidamos e vermifugamos. Todos foram doados.  

   

Serena

Foi arremessada pra dentro da clínica veterinária de uma amiga. Uma pessoa viu e saiu correndo atrás do homem que fez esta atrocidade, mas não alcançou.

Serena estava com uma infecção horrível em um dos ouvidos, o rosto estava inchado, dava a impressão de ter levado uma pancada.

Era filhotinha, ficou quase 1 mês sendo tratada da infecção, foi vermifugada e castrada. Temos a impressão que ela não enxerga de uma vista, tem o rabinho enrolado,  tem hoje uma vida normal. Foi adotada pela minha mãe e hoje não sofre mais, sendo tratada com muito amor e carinho e tendo dois companheiros, o Zulu e a Mitzi.